COMPORTAMENTO AO FOGO

O comportamento do sistema frente a incêndios, foi testado para verificar critérios referidos no parágrafo 5.2 “Segurança em caso de incêndio” do guia ETAG 025.
As paredes externas foram então submetidas a um ensaio de resistência ao fogo segundo a Norma UNE-EN 1364-1:2000 (de elementos não estruturais, Parte 1, paredes).
Dois critérios foram avaliados durante o teste:
– Isolamento térmico que se define como o tempo em minutos completos durante o qual a amostra continua a manter o seu papel como separador, sem desenvolver temperaturas elevadas no lado não exposto.
– Integridade que se define como o tempo em minutos completos em que não aparecem chamas durante pelo menos 10 segundos no lado não exposto, não existe presença de gases ou se detetem rachaduras.

A classificação atribuída foi EI 30.